PXBCOMUNIDADE VIRTUAL DE XBOX

UMA COMUNIDADE GAMER QUE MUDOU O MERCADO

Texto original: Hello, world! Bem-vindos ao novo PXB!

Novembro de 2005 nascia o Portalxbox. Nossa antiga casa surgiu em meio a um tenebroso mercado nacional de games, onde a pirataria era o principal e mais discutido assunto nos mais variados fóruns brasileiros. O Portalxbox, um simples fórum criado por três amigos durante uma partida multiplayer no Xbox (o primogênito) chegou fadado ao fracasso: era proibido falar sobre jogos piratas e videogames destravados – e esses eram simplesmente os assuntos mais comuns para um VG com infinitas modificações e possibilidades (o famoso Xbox Media Center – XBMC – e seus widgets de previsões do tempo e letras de músicas foram “revolucionários”).

Na mesma época a Microsoft lançava seu maior sucesso comercial dos últimos anos: o Xbox 360. Aqui no Brasil, um sonho distante. Lá fora, o primeiro VG da “nova geração”, que em breve se tornaria um dos maiores micos da indústria dos games (as três luzes vermelhas da morte).

Enquanto isso nossa comunidade crescia. Nossa luta contra os piratas foi difícil. Brigas e discussões acerca da conduta do Portalxbox eram travadas semanalmente, incansavelmente. Mas algo chamava atenção: os usuários cadastrados que participavam dos fóruns eram diferentes. Os posts eram sabiamente escritos, cordialmente respondidos, inteligentemente respeitados. O Portalxbox havia descoberto sua maior força. O fórum, que já havia se tornado um verdadeiro Portal, era também um “refúgio” das mentes brilhantes que não frequentavam os “mais variados fóruns brasileiros”.

Apesar de ser proibido tratar do assunto pirataria, a prática de comprar e usar games não originais ainda era muito comum no Xbox 360. Após liberar um beta test do esperadíssimo Halo 3 em cópias do game Crackdown, a Microsoft soltou uma bomba nuclear na comunidade gamer: um banimento massivo na Xbox Live (a rede online do Xbox) de todos os usuário que utilizavam games piratas. Era o início de uma verdadeira caça aos piratas, e podemos dizer que isso quase dizimou a população gamer brasileira…

Nossos usuários passaram a ser evangelizadores de um novo comportamento.

Mas sobrevivemos. Vendemos nossos videogames banidos e iniciamos uma nova era. A partir de então, a regra de não discutir pirataria atingiu um novo patamar, passando a fazer parte da vida do gamer brasileiro também em suas compras. O mercado renascia, aliás, nascia. Nossos usuários passaram a ser evangelizadores de um novo comportamento, muitas vezes incompreendido por amigos, mães e esposas. “O que? Você vai gastar tudo isso em um joguinho?!?!”. Gastamos. Gostamos.

CONFIRA O TEASER DE LANÇAMENTO DA NOVA MARCA DA COMUNIDADE.

RAYMOpxbScreenPost

www.PXB.net.br

AGORA SOMOS PXB!

PXB_Logo

O novo nome da comunidade, PXB, foi a oficialização do termo já utilizado pela comunidade para se referir ao antigo Portalxbox. A mudança veio por conta de problemas no registro da propriedade intelectual referentes à marca. Com o novo PXB, o processo se tornou completamente viável e já está registrado como empresa.

Com um design totalmente reformulado, produzido na plataforma WordPress e com um sistema de fórum Vbulletin, o PXB agrega hoje mais de 200 mil visitantes por mês, com uma média de 450 mil pageviews. A comunidade online em torno da marca Xbox continua sendo a maior do Brasil.

A equipe do site contribui também para manter ativos os canais sociais no Facebook, Twitter e Youtube, além da gravação de podcasts e produção de matérias e conteúdos originais postados com frequência no portal.

 

OUTROS PROJETOS EXECUTADOS NA COMUNIDADE




SM Stationary Branding Mock Up (Volume I)RAYMONpxbKids RAYMONpxbKids2 RAYMONpxbEncontros